19
ABR

Em decorrência da revolução digital e a transformação que ela trouxe às relações econômicas e sociais, um modelo de trabalho que tem se fortalecido é o home office. Desde 2005 houve um aumento de 115% no percentual de pessoas que trabalham remotamente pelo menos em um turno, dado que aponta para uma nova tendência de mercado. É neste cenário que cresceu a busca por lugares que disponham de uma tomada, Wi-Fi e tranquilidade para enviar e-mails e preparar relatórios. ...

Em decorrência da revolução digital e a transformação que ela trouxe às relações econômicas e sociais, um modelo de trabalho que tem se fortalecido é o home office. Desde 2005 houve um aumento de 115% no percentual de pessoas que trabalham remotamente pelo menos em um turno, dado que aponta para uma nova tendência de mercado. É neste cenário que cresceu a busca por lugares que disponham de uma tomada, Wi-Fi e tranquilidade para enviar e-mails e preparar relatórios.




As cafeterias são o segmento mais procurado para este fim, mas já é possível observar este público ocupando restaurantes e lanchonetes. A preocupação maior para o empresariado de food service é com a mesa ociosa – que nestes casos não raramente está ocupada mais por objetos de trabalho do que produtos do restaurante. Como esta realidade “problemática” pode tornar-se uma oportunidade para o seu negócio de alimentação? Veja abaixo cinco dicas de como não ser engolido pelo futuro:

1. Você não precisa ser um ‘work space’, mas é importante dispor de mesas com tomada por perto. Muitas vezes é um fator de decisão para o cliente estar no restaurante.

2. Se o seu negócio for uma cafeteria (segmento que costuma atrair mais este público), experimente cobrar um valor de permanência por hora e dê a possibilidade de este valor ser revertido em consumo. É uma forma de evitar o problema da “mesa ociosa”.

3. Disponha de uma boa Wi-Fi que ajude o cliente e não o faça sair do seu café ou restaurante frustrado com a lentidão.

4. Crie combos voltados a este público com bebidas e comidinhas que se adequem a um momento de “expediente”: café, salgados, pães, suco, etc.

5. Se você nota que boa parte de seu público faz uso de seu ambiente para trabalho, crie fichas e cartões de fidelidade com benefícios e descontos com base numa frequência maior. Esta estratégia pode manter o fluxo ativo com consumo garantido.

Quer saber outras tendências para restaurantes e gastronomia? Baixe agora mesmo o nosso e-book “Tendências e Negócios”.

 


Avatar









09
ABR

Uma das formas de ganhar mais é gastar menos com o desnecessário e reduzir custos necessários de forma estratégica. Nossos especialistas em gestão e food service da MVarandas Tecnologia elencaram sete ideias que vão fazer toda a diferença no seu orçamento. Confira: 1. Controle o seu estoque Um estoque desorganizado faz com que você tenha muito gasto com insumos que sobram, apodrecem ou perdem a validade. Um sistema de gestão e controle como o Menew Estoque da MVarandas é um exemplo de como tornar esse controle mais fácil. 2. Automatize processos e otimize mão de obra Lance mão da tecnologi ...

Uma das formas de ganhar mais é gastar menos com o desnecessário e reduzir custos necessários de forma estratégica. Nossos especialistas em gestão e food service da MVarandas Tecnologia elencaram sete ideias que vão fazer toda a diferença no seu orçamento. Confira:

1. Controle o seu estoque
Um estoque desorganizado faz com que você tenha muito gasto com insumos que sobram, apodrecem ou perdem a validade. Um sistema de gestão e controle como o Menew Estoque da MVarandas é um exemplo de como tornar esse controle mais fácil.

2. Automatize processos e otimize mão de obra
Lance mão da tecnologia nas operações do seu food service para otimizar o atendimento de seu restaurante. Com a tecnologia facilitando e organizando processos, sua equipe estará concentrada em vender mais e atender melhor.

3. Analise dados do fluxo de caixa
Não perca as informações de caixa de seu restaurante, elas fornecem dados valiosos para o seu planejamento. Observe, por exemplo, o fluxo de caixa dos últimos 12 meses e esteja preparado financeiramente para os meses de movimento mais fraco.

4. Priorize produtores locais
A escolha de produtores locais como seus fornecedores reduzem custos com produtos de fora e ainda promovem valorização destes produtores – que é uma grande tendência em gastronomia atualmente.

> Quer saber mais tendências em Gastronomia? Baixe nosso e-book grátis!

5. Retire do cardápio produtos que não 'giram'
Manter um cardápio com muitas opções é atrativo ao cliente, mas deve ser constantemente revisado. Analise se há pratos que não giram muito e acabam trazendo mais prejuízo com perda de insumo do que lucratividade.

6. Priorize documentos digitalizados
Evite custos com impressões, reimpressões e papel priorizando, sempre que puder, relatórios e documentos digitalizados.

7. Adote softwares de gestão integrada
Prefira softwares de gestão integrada para todas as operações do seu restaurante: um pacote de vários módulos em uma mesma empresa sempre traz melhor custo benefício. Os softwares Menew são todos integrados entre si: salão, financeiro, estoque, pagamento, garçons, gestão remota, etc. Conheça mais sobre os produtos em nosso site.

 


Avatar









03
ABR

De 03 a 05 de abril a MVarandas participa da AUTOCOM (São Paulo), a maior feira de automação para o comércio da América Latina. O evento acontece anualmente e é um verdadeiro palco para as últimas novidades em softwares e tecnologia para o comércio, reunindo os maiores players do mercado desde 1997. A MVarandas participa desta edição no stand da ...

De 03 a 05 de abril a MVarandas participa da AUTOCOM (São Paulo), a maior feira de automação para o comércio da América Latina. O evento acontece anualmente e é um verdadeiro palco para as últimas novidades em softwares e tecnologia para o comércio, reunindo os maiores players do mercado desde 1997. A MVarandas participa desta edição no stand da Cielo (na "rua" 1/2/A/B) que é um dos maiores do evento e está localizado logo na entrada da feira – sem dúvidas as melhores boas vindas que os visitantes poderiam ter. 


O Lio Snack Bar é este espaço de simulação de food service montado no stand da Cielo onde lançamos o novo Menew App, aplicativo que permite que a operação completa do restaurante (da abertura da mesa ao pagamento da conta) funcione diretamente na maquineta LIO 2.

O Menew App tanto funciona de forma integrada aos demais Softwares Menew como opera de forma isolada e autônoma. No caso de funcionamento de forma isolada, há economia de hardware e equipamentos, uma vez que com o aplicativo a LIO 2 “resolve” todas as etapas – inclusive emitir e imprimir NFCE.

A tecnologia atende todas as formas de trabalho – mesa, balcão, delivery e comanda – trazendo agilidade no atendimento de sua equipe de garçons e mais comodidade para o seu cliente. Assista ao vídeo demonstrativo do Menew App:


 

Acompanhe nosso blog e nossas redes sociais para não perder as novidades e levar o Menew App em primeira mão para o seu food service!
 
Saiba mais sobre o Menew app, clique aqui.

Avatar









27
MAR

...

Uma tendência bastante procurada tem sido o serviço do personal chef. O cozinheiro vai até a casa do cliente por ocasião de uma refeição especial ou evento para preparar e servir pratos autorais. O serviço tem em geral um baixo custo para o cliente, já que o chef opera basicamente sozinho sem arcar com as despesas típicas de um restaurante. Além disso, leva para o evento o clima intimista e a hospitalidade de realizar a celebração em casa. Para o chef, é um espaço de criatividade em que é possível cozinhar sem ater-se a um menu e estabelecer um diálogo entre o autoral e as predileções do anfitrião.

Alguns donos de restaurante podem ver esta tendência como uma ameaça que tira o público de seu salão. Para os empreendedores de visão, pode ser vista como mais uma oportunidade de negócio. Nossa sugestão é que você pesquise e analise a viabilidade de o seu restaurante oferecer um serviço de personal chef que leve a assinatura de sua cozinha e ao mesmo tempo seja criada pensando nos necessidades, gostos e paladares do seu público.

>> Você quer saber como conhecer melhor o seu público? Baixe nosso e-book gratuito!

Os gastos são basicamente com os insumos, que são adquiridos sem falta ou excesso para atender à demanda do público do evento – geralmente um quórum pequeno de 20 a 30 pessoas – além do custo da mão de obra do chef ou do auxiliar de cozinha, que será o encarregado de criar em uma cozinha caseira a extensão do seu restaurante.

Oferecer um serviço de personal chef que leve a qualidade e a marca do seu restaurante pode ser também uma forma de atrair e reter clientes a partir de uma aproximação íntima entre empresa e público. Este “approach”, por sinal, acontece no lugar que é mais inacessível para empresas e que naturalmente fomenta a criação de laços: o lar.

A esta altura você já deve estar indo longe nos pensamentos e convencido de que os resultados deste serviço para a sua empresa e sua gestão de marca podem ser excelentes. Que tal dedicar um tempo a conhecer mais sobre o assunto e, quem sabe, adotar o serviço para o seu food service?


Avatar















CONHEÇA O MENEW PAY


INSTAGRAM







Todos os direitos reservados - MVarandas - 2018